Três roteiros no sul do Brasil para fazer de bicicleta

Trilhas fantásticas para tudo quanto é gosto e preparo físico.

Seja um trecho curto, para ser percorrido sem pressa, ou um caminho extenso e repleto de desafios, os roteiros de cicloturismo são boas opções para novatos e também para veteranos no pedal.

Engana-se quem pensa que poucas são as alternativas para curtir uma aventura de bicicleta. Existem trilhas fantásticas mundo afora para tudo quanto é gosto e preparo físico. E a boa notícia é que temos opções bem interessantes aqui no Brasil mesmo. A região sul do país, por exemplo, oferece pelo menos três roteiros que valem a pena a pedalada.

Paraná – Curitiba / Morretes

circuito morretes

Para ser percorrido em um dia, este roteiro tem saída prevista da rodoviária de Curitiba. São cerca de 80 km até a cidade de Morretes, passando por Quatro Barras e pela Serra da Graciosa.

A maior parte do percurso é de descidas que cortam a Mata Atlântica, porém o ciclista também irá se deparar com subidas no início da pedalada. Para recuperar o folêgo, seis pontos de descanso, com locais de abastecimento e belos mirantes, estão distribuídos pelo caminho. Quem preferir pode fazer o retorno a Curitiba pelo trem da Serra do Mar, que faz a ligação da capital ao Porto de Paranaguá.

Santa Catarina – Vale Europeu

Circuito Vale Europeu

O trajeto circular de 300km tem início e fim na cidade de Timbó, localizada próximo a Blumenau. É um caminho que percorre o interior de Santa Catarina, passando por vários povoados e pequenas cidades de colonização alemã e italiana.

O percurso pode ser dividido em duas partes: uma segue de Timbó a Rodeio e é menos exigente, enquanto a outra – chamada parte alta – sobe a serra e tem relevo mais desafiador. As paradas são nos municípios de Pomerode, Indaial, Ascurra, Rodeio, Dr. Pedrinho, Rio dos Cedros, Benedito Novo e Apiúna. Como é uma região de muitas nascentes, recomenda-se evitar a rota entre o fim da primavera e verão, por ser a época das chuvas.

Rio Grande do Sul – Vale dos Vinhedos

roteiro vale dos vinhedos

A região oferece roteiros para todos os gostos, com extensões que variam de 10 a 29 quilômetros. Um dos trajetos mais tradicionais passa pelo “Caminhos de Pedra”, uma rota de 12km que abriga construções centenárias, são cerca de 50 pontos de observação do patrimônio arquitetônico e da paisagem e 13 pontos de visitação.

Outro roteiro disponível é o trecho de 27km que corta o Vale dos Vinhedos. É uma pedalada de nível médio que atinge 800 metros de altitude. Quem quiser desafios maiores pode percorrer a trilha de 28km que passa pelo Vale do Rio das Antas e atinge altitudes de até 780 metros.

Também poderá se interessar..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com