Trail Dog: 10 dicas para levar seu cachorro para as trilhas de MTB

dog trail como treinar

Transformar o seu cachorro em um trail dog, ou melhor dizendo em um companheiro das trilhas de MTB, pode levar tempo. Mas se você fizer isso bem feito, terá conquistado um amigo sempre pronto a viajar com você.

Assim, se você está considerando treinar o seu cão, a primeira coisa a fazer é agendar uma visita ao veterinário. Peça ao profissional para avaliar se o seu animal de estimação está apto a realizar uma atividade física. Se estiver tudo ok, aí é só começar a preparar o seu parceiro para se tornar um verdadeiro trail dog. Nesse sentido, vale conferir algumas dicas que podem ajudá-lo nesse processo.

como pedalar com o seu cachorro

Como treinar seu cão para ser um trail dog

1) Apresente sua bike

Se o seu cachorro não tem o hábito de acompanhá-lo nas pedaladas, o primeiro passo é habituá-lo à bike. Então comece colocando a bicicleta no chão e deixando o cão explorar o equipamento. Em seguida, junte-se a ele e faça agrados para que ele associe a bike a algo positivo. Contudo você também pode fazer passeios curtos com a bicicleta e o cachorro, apenas empurrando a bike ou pedalando de vez em quando para sentir como o animal reage.

2) Percorra trilhas a pé

Encontre uma trilha de fácil acesso e segura.Comece fazendo pequenas caminhadas com o cão, por trilhas e caminhos que sejam fáceis de manter a direção. Isso fará com que o animal entenda a forma lógica de seguir uma trilha.

Mantenha o cão na coleira e próximo a você. Uma vez que ele se sinta confortável e seguro com o seu ritmo e o ambiente – e não aparente querer fugir, solte mais a guia. Emita comandos de voz para que ele volte para perto e recompense seu parceiro por responder ao comando corretamente. Seu cão deve pensar que voltar para você é a melhor coisa do mundo!

3) Comece com a coleira

Para dominar o controle sem coleira, você precisa ensinar o seu trail dog a responder a comandos com coleira. Uma boa dica é ir aumentando o comprimento da guia até você perceber que o cachorro administra bem a liberdade na trilha. Entretanto, na hora de abandonar a coleira totalmente, volte para a guia mais curta antes de fazê-lo. Como as guias longas pesam mais, o cachorro percebe rapidamente que está sem coleira.

4) Avance para a bike

Quando estiver pronto para ir para a bicicleta, comece levando seu cão para acompanhá-lo na coleira. Verifique se a guia é longa o suficiente para que seu cão não fique muito perto da roda. Um truque que pode funcionar é prender a alça da guia no seu cinto de hidratação. Dessa forma, se o cachorro puxar, provavelmente não irá desequilibrar a bike. Vá devagar no começo até sentir que seu cão trote ao seu lado sem puxar a guia. 

Caso o cachorro chegue na sua frente, imediatamente faça comandos que o coloquem atrás de você. Recompense-o para ele entender que, via de regra, ele precisa ficar fora do caminho.

como treinar seu trail dog

5) Mantenha os passeios curtos

Os cães são como pessoas – ficam frustrados e irritados depois de pensar demais. Por isso, no começo mantenha os passeios curtos porém frequentes. Talvez dez minutos ou menos seja o ideal para iniciar. E faça sessões simples de treinamento, concentrando-se em alguns comandos por sessão.

6) Seja persistente 

Ao dar um comando ao cão, verifique se ele executa essa tarefa. Você não pode decidir no meio que aquilo não é importante, ou desistir porque o cão não está escutando imediatamente. Isso ensinará ao cachorro que ele ou ela nem sempre precisa obedecer aos seus comandos, e talvez deva esperar um pouco para ver se você realmente está falando sério.

7) Leve o equipamento certo 

Manter seu companheiro hidratado é fundamental. E você precisará de algum tipo de fonte de água para isso – existem tigelas de plástico dobráveis ​​no mercado que são fáceis de transportar. Além disso muitos cães consegue beber no jato das mangueiras de hidratação, basta treiná-los para isso. Também é importante carregar coleira e guia, pois nunca se sabe quando serão necessárias, além de um kit básico de primeiros socorros para o seu trail dog.

como treinar seu cão para trilhas

8) Preste atenção no seu cão 

Os cães podem se esforçar demais quando estão tentando acompanhar o dono, o que pode ter consequências muito graves para a saúde. Quando um cachorro está cansado, ele simplesmente se deita. Algumas pessoas ficam bravas com isso e tentam empurrar seu cachorro, e essa é exatamente a maneira errada de lidar com isso.

Se seu trail dog está agindo de alguma maneira como se estivesse cansado ou querendo parar, você provavelmente já foi longe demais. Preste atenção aos sinais. Se o seu cão se deitar, estiver ofegante e inclinar a cabeça para trás ou ofegar muito, é hora de descansar. Aproveite aquela consulta com o veterinário, que falamos lá no início, para saber como agir caso o seu companheiro se sinta mal durante a trilha.

9) Evite dias muito quentes

Não percorra longas distâncias com o cachorro em dias muito quentes. Não há número mágico, mas use seu bom senso. Se não houver fluxos constantes para o seu cão descansar e recarregar, não o leve se estiver muito quente.

10) Faça com que seja divertido

Os melhores passeios para seus cães são os que não são incrivelmente rápidos. Lembre-se, eles estão executando a coisa toda. Tente levá-lo em passeios com várias fontes de água. Tente ficar longe de descidas íngremes e super compactas. Este tipo de terreno é ruim para os quadris e articulações do seu cão. 

Após um longo dia de pedalada, faça uma massagem no seu cão. Faça-o deitar de um lado e massageie seus quadris e ombros. Estique as pernas dele. Certifique-se de fazer os dois lados. Assim como as pessoas, os cães precisam se recuperar de um grande dia na bike. Não pedale com ele todos os dias e dê um amplo tempo de descanso entre as longas trilhas.

E certifique-se de que ele sabe o quão bom é o trabalho que está fazendo. Entre os segmentos, pare e diga que ele é um bom garoto! Os cães gostam de ser recompensados ​​verbalmente e sempre irão apreciar o reforço positivo. Se é divertido para você estar com esse grande parceiro, faça com que seja divertido para ele também!


* Com imagens e informações de Bicycling e Pinkbike.

** Confira também aqui no blog o post 8 razões para pedalar na chuva.

Também poderá se interessar..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *