TallBoy Santa Cruz no Brasil Ride: excelente no estradão

tallboy santa cruz

Uma bike que sobe legal, desce maravilhosamente e anda bem no estradão

Quase no finalzinho do ano passado, o pessoal do PraQuemPedala revelou suas primeiras impressões sobre a TallBoy, pouco antes de percorrer o Brasil Ride com o modelo 29ers da Santa Cruz.

Passada a competição, eles fizeram um novo vídeo, agora falando sobre o desempenho efetivo da TallBoy Santa Cruz no Brasil Ride e de como ela desempenha em conjunto com os excelentes pneus Maxxis Ikon.

Confira o vídeo completo do PraQuemPedala e logo abaixo o resumo das avaliações.

7 considerações sobre a TallBoy Santa Cruz

1) A TallBoy passa a impressão de uma bike um pouco mais pesada e voltada para a descida. No Brasil Ride, segundo a avaliação, a bicicleta surpreendeu no desempenho, principalmente em estradões;

2) Como era de se esperar, a bike desceu absurdamente. Como tem o curso de suspensão um pouco maior que as bikes normais, ela realmente desce mais;

3) Em relação às subidas, a bicicleta ficou muito próxima dos outros modelos do mercado. A diferença maior acontece devido à mesa mais curta e à suspensão de curso um pouco mais longo. Devido a essas características, a bicicleta acaba levantando um pouquinho e jogando o peso um pouco mais para a traseira;

4) Essa jogada de peso para a traseira é boa por proporcionar mais tração. Por outro lado, se a subida for muito fincada, a frente fica um pouco mais “boba”. Para corrigir, basta projetar o corpo pra frente;

5) Quem não está acostumado ao canote retrátil pode sentir dificuldade na primeira semana, quando a bike parece sumir da perna. Mas é questão de hábito. Uma vez que o ciclista se acostuma, fica muito melhor de pedalar. É possível ganhar mais mobilidade, principalmente para jogar a traseira, e ter mais segurança de não capotar;

6) Outro destaque sobre a TallBoy Santa Cruz no Brasil Ride ficou por conta do Eagle X01, com 32×50. Nas subidas mais íngremes é possível economizar muita perna. O PraQuemPedala avaliou o grupo como o mais bem escalonado;

7) Para finalizar, também foi destacada a durabilidade do grupo. Em três meses de treinos e ainda a prova do Brasil Ride, a corrente e o cassete aguentaram firme. Com quase mil quilômetros percorridos, a corrente não apresentou desgastes e não houve nenhuma queda de corrente.

Santa Cruz na Bike Village

Você encontra a Santa Cruz TallBoy, e outros modelos da marca californiana, no site da Bike Village. Para saber mais sobre as características técnicas de cada bicicleta, é só clicar aqui.

Fundada em 1993, a Santa Cruz é especializada em bicicletas de alta performance para as modalidades mais radicais do Mountain Bike.

A marca californiana é reconhecida por prestar atenção em todos os detalhes que influenciam no rendimento. Não é à toa que a Santa Cruz é um verdadeiro laboratório de testes de atletas de ponta, incluindo os campeões mundiais Steve Peat, Gregg Minaar e Josh Bryceland.

* Imagem Via.

Também poderá se interessar..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com