Suspensão de bike: com que frequência fazer a manutenção?

suspensão de bike quando fazer a manutenção

A suspensão da bike é um item fundamental para manter a boa performance no pedal ao passar por terrenos acidentados. Além disso, é um fator importante no quesito conforto, uma vez que alivia o impacto sentido nos braços. 

Dessa forma, a manutenção desse equipamento é essencial, seja para mantê-lo em perfeito funcionamento ou para prolongar sua vida útil.

Mas afinal, com que frequência deve ser realizada a manutenção? Primeiramente, vale lembrar que as horas de utilização influenciam na periodicidade de revisão. Bem como as condições do ambiente e o tipo de terreno em que se pedala.

Nesse sentido, a MTBpro entrou em contato com algumas das marcas de suspensão de bike mais conhecidas, para saber quais são suas recomendações. Confira os conselhos básicos das fabricantes para manter o equipamento nas melhores condições e também as datas adequadas para uma revisão completa.

Quando fazer a manutenção da suspensão da bike?

1) O que a FOX recomenda

A Bicimax, distribuidora e serviço técnico da FOX na Espanha, indica a necessidade de realizar uma manutenção completa para todos os seus produtos a cada 125 horas de uso ou uma vez por ano (o que ocorrer primeiro)

Esta revisão inclui uma inspeção interna e externa, revisão completa do circuito hidráulico, carga de nitrogênio em amortecedores e substituição de vedações em amortecedores e garfos de ar.

2) As dicas da RockShox

A Team Bike, distribuidora oficial e serviço técnico oficial da RockShox na Espanha, está encarregada da manutenção dos garfos RockShox e amortecedores. No serviço técnico, foram estabelecidas três faixas de serviços, tanto para garfos quanto para amortecedores, que são de 50, 100 e 200 horas de uso. Na tabela abaixo estão detalhados os modelos que se enquadram em cada uma das análises. 

suspensão bike manutenção

Como falamos, além das horas de uso, outros fatores podem influenciar na necessidade de manutenção da suspensão de bike. Na dúvida, entre em contato com a sua oficina de bicicleta para uma orientação mais precisa.

3) As recomendações da DVO

Na Espanha a distribuição e manutenção da marca DVO está a cargo da Bike Comp, que faz algumas recomendações importantes sobre suspensão de bike. Confira quais são os períodos de manutenção recomendados:

• limpeza das barras / corpo do amortecedor: após cada pedal;

• verificação das pressões: após cada pedal;

• inspeção visual do corpo / barras do amortecedor: após cada pedal;

• verificação dos torques de aperto: a cada 25 horas;

• desmonte dos frascos / corpo do amortecedor, inspeção, limpeza e óleo novo: a cada 50 horas;

• mudança das vedações / gaxetas: a cada 100 horas;

• manutenção do cartucho hidráulico: a cada 100-150 horas.

Além disso, eles recomendam que no mínimo uma verificação de troca de vedação e uma limpeza completa sejam realizados, pelo menos uma vez por ano, considerando que você pedale pelo menos uma vez por semana. 

Cuidados gerais com a suspensão da bike

A MTBpro ouviu ainda as assistências técnicas de outros fabricantes, e praticamente todos salientam o mesmo sobre a manutenção da suspensão da bike: a frequência é altamente variável.

Tudo depende das condições em que você usa a suspensão, se você compete ou se o ambiente em que você está pilotando tem condições muito agressivas de lama, pedras e poeira.

manutenção bike

Também é importante que o cuidado seja diário. Isso no sentido de realizar uma limpeza após cada pedal e verificar que tudo está funcionando bem. Além disso, procure sempre ler o manual de instruções da sua suspensão de bike para conferir as orientações sobre manutenção.

De qualquer forma, o ideal é que você reserve um orçamento anual para este tipo de serviço. Afinal, todos os componentes da suspensão têm preços muito altos. Assim é muito mais lucrativo fazer o serviço com mais frequência do que ter que trocar algum deles.

Quer saber mais sobre serviços de manutenção da bike? Entre em contato com a Bike Village e conheça nossa oficina de bicicleta em Porto Alegre!


* Confira também aqui no blog o post Quando trocar a corrente da bicicleta? Confira as dicas para fazer a troca.

** Com informações e imagens de MTBpro.

Também poderá se interessar..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *