Mochila ou cinto de hidratação? Qual é a melhor escolha no MTB?

mochila ou cinto de hidratação como escolher

Colocar tudo em uma mochila de hidratação ou ficar mais confortável com um cinto? Pois saiba que a dúvida entre a mochila ou cinto de hidratação é comum no universo do MTB. 

Afinal em cada saída, em grupo ou sozinho, você deve levar consigo um kit de ferramentas que o ajudará a ultrapassar as principais avarias que lhe possam ocorrer. Além de algum alimento e água que possam abastecê-lo no caso de um percurso longo. Já na hipótese de um pneu furado, você vai precisar de alguns remendos, talvez uma câmara sobressalente e uma bomba. Caso a direção tenha sido virada e seja necessário endireitá-la, será necessária uma multi ferramenta com chaves allen. Ou seja, é um tanto de coisas para carregar.

Vale lembrar que algumas bicicletas oferecem a possibilidade de carregar ferramentas dentro do quadro. Como é o caso inclusive de alguns modelos da Trek. Também é possível criar jeitos alternativos de carregar as ferramentas da bike, como já mostramos aqui no blog. E por fim, o que consideramos as formas mais práticas, você pode guardar suas coisas em uma mochila ou cinto de hidratação. O ideal é não carregar a bicicleta com muito peso mas também não carregar o corpo com uma carga excessiva para não perder a mobilidade.

Mochila ou cinto de hidratação: qual é melhor?

Chegar a uma resposta única é complicado. A mochila de hidratação oferece um amplo espaço para o reservatório de água e também para guardar as suas coisas. Como ferramentas, comida, telefone, etc. Em percursos longos é um acessório essencial. Mas lembre-se que todo o peso que você carrega o prejudica na pilotagem, já que a inércia do seu corpo será diferente.

Existem também outras mochilas mais orientadas para o transporte de bagagem ou com sistemas de proteção que, além disso, permitem carregar um reservatório com água. Dependendo do uso que você deseja dar, da capacidade que deseja ocupar e das qualidades dos materiais, você tem uma grande variedade de modelos no mercado.

A mochila, como todos sabemos, são carregadas nas costas pelas alças que circundam nossos ombros. Geralmente têm um gancho na parte inferior que nos permite ajustar na barriga ou outro no peito (ou ambos) . Desta forma, a mochila ajusta-se à nossa postura e ergonomia durante a condução e evita que se mova.

Mas há também a opção de usar cintos de hidratação. Com eles você pode carregar algumas ferramentas, uma ou duas latas de água e se tiver mais espaço, pode colocar comida e celular.  É uma opção muito confortável, já que as costas vão respirar perfeitamente, ao contrário de ir com uma mochila . Mas é possível que, se você carregar muito peso, depois de um tempo, a parte inferior das costas comece a doer. 

Quando se trata de movimento, o cinto confere mais agilidade que uma mochila, visto que a liberação da parte superior do corpo permitirá que você se mova naturalmente. Isso não significa que você não perceberá que ele se move, você também perceberá um peso extra no quadril. Mas se você vai fazer percursos curtos, sem muitos objetos para transportar, será muito confortável transportar um cinto de hidratação. 

mochila de hidratação
Mochila Osprey Viper Vermelho, Mochila Osprey Viper Azul e Mochila Osprey Katari, clique nos links para ver mais.

E se eu não me adaptar à mochila ou ao cinto?

No caso de você não se adaptar à mochila ou cinto de hidratação, existem algumas marcas que oferecem outras soluções. Por exemplo, camisetas com bolsos que permitem carregar algumas ferramentas, bermudas com bolsos e por aí vai.

Além disso, como falamos lá no início, você também pode lançar mão de alguns truques, como carregar coisas no quadro, levar a água em caramanhola e tantas outras opções. Outra dica legal, caso você pedale em grupo, é dividir os elementos entre cada ciclista.

E então, o que você achou das dicas que compartilhamos aqui. Você prefere mochila ou cinto de hidratação? Como é a sua experiência com esses equipamentos? Conta pra gente nos comentários!


* Confira também aqui no blog o post Como carregar ferramentas da bike: as dicas dos pilotos do EWS.
* Com informações de MTBPro.

Também poderá se interessar..

1 comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *