7 dicas de treinos de MTB para desenvolver novas habilidades

dicas de treinos de MTB

Pilotar uma bicicleta de montanha é motivo de diversão, claro. Mas também é verdade que muitas vezes gostaríamos de ser mais rápidos e desenvolver novas habilidades. E para isso, existem pequenos treinos de MTB que são ótimos para aprimorar técnicas de pilotagem.

Nesse sentido, o site Enduro Mountainbike Magazine selecionou sete maneiras divertidas de melhorar suas habilidades. Confira abaixo quais são elas e como podem levar você para um próximo nível nas trilhas!

DICAS DE TREINOS DE MTB PARA DESENVOLVER HABILIDADES

1) Treine em uma Pump Track

Pistas de Pump Track são ambientes perfeitos para melhorar quase todos os aspectos de nossas habilidades de pedalada. Incluindo nossa força e preparo físico. Dessa forma, uma hora é mais do que suficiente para se cansar completamente.

Os cantos e transições esculpidos permitem que você atinja bom fluxo e encontre uma quantidade infinita de novas linhas. Abrindo portanto espaço sobre os rolos como um corredor de supercross. Sua imaginação é o limite!

Além disso, o movimento de empurrar sua bicicleta através do terreno ondulado e sem peso sobre as cristas dos rolos é semelhante à amplitude de movimento usada em exercícios compostos como agachamentos e flexões. A tensão corporal e o posicionamento específicos da bicicleta adicionados significam que as voltas na pista também podem ser um substituto para aquela hora chata na academia que você sempre adia.

pump track treinos de MTB

2) Cronometre pequenos segmentos

Fazer corridas cronometradas em uma seção curta, porém técnica, da trilha é uma ferramenta útil para melhorar pilotagem. Aliás, é uma técnica usada pelos pilotos mais rápidos do mundo. 

O processo de repetir uma trilha indefinidamente enquanto monitora seu tempo é uma maneira eficaz de melhorar a suavidade de sua pilotagem à medida que você aprende como a escolha da linha adequada pode resultar em diferenças de tempo perceptíveis. 

Uma boa trilha para este treino deve ter entre um e dois minutos de duração e ter uma subida relativamente curta e simples de volta ao topo. Dessa forma, você será capaz de lembrar as seções principais da trilha e perceber como as diferentes opções de linha afetam as corridas cronometradas. 

3) Faça corridas sem pedalar

As corridas cronometradas podem ser levadas ao próximo nível, fazendo-as sem pedal! Não se permitir pedalar pode parecer contra-intuitivo no início, mas vai exagerar muito a importância de linhas suaves e curvas sem freio, pois você não será capaz de recuperar o tempo perdido batendo forte nos pedais na próxima reta. 

Esta é uma ótima maneira de aprender a dirigir suavemente e a transportar velocidade através de seções cruciais. Esses tipos de treinos de MTB também o forçam a gerar velocidade de outras formas que não a pedalada, como ondulações na trilha e pular sobre raízes e pedras.

4) Experimente a volta intervalada

Este é mais um dos treinos de MTB retirado do livro de dicas de pilotos profissionais. Porém, temos que avisar que não será tão divertido quanto os outros! 

Você precisará estabelecer um loop curto, com uma subida desafiadora que não dura muito mais do que 10 minutos e leva direto a uma descida técnica. O loop deve ser concluído o mais rápido possível, com o mínimo de descanso entre as voltas. Anote quantas voltas você pode dar em uma hora e tente melhorar a cada vez. 

Este método de treino não só irá beneficiar a sua preparação física nas subidas, mas também irá ajudá-lo a melhorar as suas habilidades ao andar sob fadiga, o que é benéfico para qualquer pessoa, especialmente para quem está a planear uma corrida de enduro, ou duas, este ano.

habilidades MTB

5) Experimente o cenário urbano

Claro, todo mundo sonha em ter trilhas a poucos minutos de seu local de trabalho, no entanto, muitos de nós simplesmente não temos essa sorte. Mas isso não significa que você não possa melhorar suas habilidades de pilotagem no espaço de uma hora de almoço.

Os degraus, quedas, meios-fios e decolagens improvisadas encontrados na maioria dos ambientes urbanos podem, na verdade, ser muito semelhantes aos recursos de sua pista preferida. Um benefício de treinos de MTB com recursos urbanos, além de sua acessibilidade, é que eles permitem que você isole a habilidade do resto da trilha e permitem que você realmente se concentre na técnica. Degraus e meio-fio são ótimos para praticar quedas e saltos e facilitam a medição da progressão.

Contudo, a habilidade de encontrar linhas montáveis ​​em um ambiente que não foi projetado para ser pilotado também desenvolve sua visão, e você logo estará descobrindo novas linhas em suas trilhas locais que você nunca viu antes!

6) Passeie no cascalho

Para esse treino a escolha óbvia é uma bicicleta de cascalho especialmente construída com barras de rebaixamento. Mas se as barras de rebatimento não são o seu lugar, esta também pode ser o uso perfeito para sua velha hardtail. Ou até mesmo sua bike de trilha do dia a dia. 

A vantagem de andar em estradas de cascalho é que é mais fácil manter sua frequência cardíaca em zonas específicas. O que é muito benéfico durante o treinamento. Do mesmo modo, levar uma bicicleta de cascalho para trilhas na floresta também pode ser uma experiência refrescante. Afinal a falta de suspensão e pneus largos irão ajustar suas habilidades e equilíbrio, e fazer trilhas suaves parecerem um novo desafio.

7) Opte pela rotina

Escolher uma habilidade com a qual você luta e retirá-la da trilha é uma ótima maneira de aprender e progredir. Assim, praticar habilidades em um estacionamento vazio ou espaço aberto permite que você isole o movimento de quaisquer distrações. Ou seja, que realmente se concentre nos movimentos fundamentais da habilidade em um ambiente controlado.

Em conclusão, existem muitos treinos de MTB divertidos que podem melhorar suas técnicas de condução. Quer você esteja esperando seu companheiro de corrida no início da trilha, praticando furtivamente durante a pausa para o almoço ou durante o passeio de fim de semana, sempre há tempo para aprimorar essas habilidades.

Portanto, use essas dicas de treinos ou inspire-se e crie os seus, e o mais importante: divirta-se andando de bicicleta! 


* Confira também aqui no blog o post 6 dicas para pedalar longas distâncias.

** Imagens via Pixabay.

Também poderá se interessar..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *