Circuito das Araucárias: cicloturismo em SC inclui rota das cachoeiras

circuito das araucárias rota das cachoeiras

O Estado de Santa Catarina é repleto de opções de cicloturismo. A Rota das Baleias, por exemplo, é um pedal que vai de Imbituba a Floripa. Já o circuito Vale da Cerveja engloba cicloturismo e cervejas artesanais na região de Blumenau. E o Circuito das Araucárias, que é tema desse nosso post, une atrativos históricos, culturais e cachoeiras incríveis!

O Circuito das Araucárias engloba quatro cidades catarinenses. São elas: Campo Alegre, Corupá, Rio Negrinho e São Bento do Sul. O roteiro não é considerado de nível fácil, ou seja, não é indicado para quem está estreando no cicloturismo. Por outro lado, o percurso está dividido em trechos, que são uma referência dos locais onde é possível pernoitar. A sugestão é que o circuito seja percorrido entre seis e oito dias.

O mais legal dessa opção de cicloturismo é que ele mescla muitas atrações. Prédios históricos, museus, paisagens exuberantes – incluindo a Rota das Cachoeiras, uma incrível sequência de 14 quedas em menos de 3km – fazem parte do percurso. E então, bora conhecer um pouco mais do Circuito das Araucárias e se jogar nessa aventura?

circuito das araucárias cicloturismo em sc

Como fazer o Circuito das Araucárias

– São Bento do Sul é a maior cidade e também a referência “Km 0” do percurso. O circuito é bem sinalizado, mas o ideal é fazer o download e estudar os mapas disponíveis no site do percurso

– No site você também irá encontrar a Cartilha com todas as informações sobre o circuito, incluindo dicas sobre cada trecho e sugestões do que visitar em cada etapa do trajeto;

circuito das araucárias trajeto

– O circuito passa, quase em sua totalidade, por estradas de terra. Em geral, estão em boas condições. O tipo mais indicado de bicicleta é a mountain bike. De preferência equipada com uma relação de marchas bem leve, ideal para as subidas. Os pneus devem ter cravos, para uso na terra. E claro, procure fazer uma revisão na bicicleta antes de viajar;  

– O Circuito das Araucárias, no segmento Cicloturismo é autoguiado, ou seja, conta com placas de navegação por todo o seu percurso. Porém ainda assim recomenda-se a utilização de arquivos de GPS ou a utilização do Guia de Tulipas de Navegação, anexo à cartilha;

– A Cartilha também pode ser retirada na Secretaria de Turismo de São Bento do Sul, antes de iniciar o primeiro trecho. Do mesmo modo também está disponível nas secretarias dos demais municípios que fazem parte do trajeto, além dos pontos de carimbo.

– Embora o trajeto esteja bem preparado para receber os cicloturistas, as reservas e agendamentos prévios são fundamentais. Ainda mais que muitos estabelecimentos só funcionam sob demanda;

– O ideal para uma viagem como essa é que o peso da bagagem fique entre 10 e 12 kg. Saco de dormir, barraca, roupa de cama ou toalha não são necessários. As dicas sobre o que levar também estão disponíveis no site do percurso.


* Confira também aqui no blog o post 6 dicas para pedalar longas distâncias.

Também poderá se interessar..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com