Bike Parks e Escolas de MTB no Brasil: conheça algumas ótimas opções

trilha do zoom bike parks

Com cada vez mais ciclistas buscando as trilhas, a profissionalização dos bike parks e das escolas de MTB no Brasil é um caminho natural. É o que nos mostra a reportagem de João Lacerda, publicada pela Aliança Bike –  Associação Brasileira do Setor de Bicicletas.

De olho nesse mercado, a Aliança contou as histórias de ciclistas que cresceram apaixonados por bicicletas e que souberam transformar suas paixões em meio de vida. Assim, se você se interessa por bike parks ou escolas de MTB, seja como frequentador ou como potencial investidor, vale a pena connhecer um pouquinho dessas trajetórias! Confira a seguir quem está mobilizando o futuro do MTB recreativo no Brasil!

COMO NASCEM OS BIKE PARKS

Entusiasta do MTB desde os 15 anos, Marcio Prado iniciou no esporte nos anos 1990, em Campos do Jordão. Sem muitas alternativas boas para praticar o MTB, reparou que muitos atletas amadores se inscreviam em competições atrás de trilhas seguras para se divertir. Sem grana pra competições, o jovem foi curtir portanto as trilhas da cidade

Administrando uma fazenda com arvorismo e tirolesa, Marcio enxergou a oportunidade de criar um bike park. O primeiro modelo de precificação era insustentável só com as bicicletas, mas funcionou como projeto piloto. As outras atividades da fazenda cobriam os custos fixos enquanto o primeiro Zoom Bike Park funcionava como laboratório. Pagar para pedalar em trilhas era novidade para ciclistas no Brasil.

Em sua segunda casa, uma fazenda mais próxima do centro de Campos do Jordão, o Zoom Bike Park se consolidou. Hoje o espaço se mantém em função da bicicleta, num mix de trilhas e serviços que convidam a participação de todos os tipos de ciclistas. Aluguel de bicicletas, alimentação, loja e oficinas para os atletas compõem as operações. O apoio da Specialized e da Thule complementam o modelo de negócio.

ESCOLA DE MTB COMO IDEIA DE NEGÓCIO

Nos anos 1970, o menino Luciano Kdra Lancellotti já apavorava nas manobras em sua bicicleta infantil. Ao longo dos anos 1980 pulou no BMX e quando a década de 90 chegou, já estava apaixonado pelo MTB.

Entendeu rápido que para viver em função da sua paixão pelo esporte, a solução eram as competições. Foi a fundo nelas, profissionalizou-se como atleta e construiu um nome no esporte.

Kdra aos poucos conseguiu abrir espaços como comunicador, atuando para popularizar a cultura da bicicleta acima de tudo. Sob o lema de “comandar o como andar”,  Kdra unifica duas de suas vertentes de atuação atualmente. É no CantareiraRide \o/ BikeSchool que ele transmite seus conhecimentos sobre os rolês em bicicleta. Da consciência de pilotagem ao flow e o air time.

QUEM CONSTRÓI TRILHAS RECREATIVAS NO BRASIL

O pioneirismo de Marcio Prado acabou por abrir portas para que ele prestasse serviços de consultoria. No geral, são dois perfis de interessados. 

Primeiro, quem pensa em implementar um bike park e que, de certa forma, repete a história do próprio Marcio. São pessoas apaixonadas pelo MTB, sem muito capital para investimento. E que por isso muitas vezes acabam desistindo de abraçar o sonho de criar seu próprio parque.

Outro perfil são pessoas que além da paixão por trilhas têm também capital suficiente para investir. De maneira geral, a força financeira torna esse tipo de investidor capaz de bancar uma operação deficitária por mais tempo. Ainda assim, quem tem dinheiro no bolso pode muitas vezes desistir por conta do baixo potencial de lucratividade diante do investimento necessário.

Em um cenário de desafios e restrições, a existência dos bike parks privados é um caminho interessante e fundamental para a própria existência do nosso esporte. Confira a reportagem da Aliança na íntegra e conheça alguns dos melhores locais para o mountain bike recreativo no Brasil, de bike parks a escola de MTB! 


* Confira também aqui no blog o post Dicas para trilha de MTB: 7 regras de etiqueta para uma boa experiência.

** Imagens via Zoom Bike Park.

Também poderá se interessar..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *