4 dicas para deixar a bike silenciosa e rodar melhor

bike silenciosa dicas

Uma bike silenciosa é sinônimo de mais precisão na pilotagem e melhor desempenho nas trilhas. E para deixar a magrela rodando suave, o segredo é um só: rastrear de onde os ruídos estão vindo.

Para ajudar você nessa tarefa, o blog da Red Bull publicou quatro dicas bem legais (e importantes) de manutenção que são um verdadeiro guia de inspeção.

Confira as dicas e, em Porto Alegre, conte com os serviços da oficina Bike Village para deixar a sua bike rodando sem ruídos.

 

4 passos para deixar a bike silenciosa

1) Inspecione cabos e conduítes

Cabos e conduítes muitas vezes são os maiores vilões dos ruídos. As bikes mais modernas possuem roteamento interno nos quadros, é verdade, mas o fato é que uma MTB têm diversos conduítes: câmbio, freios, canote com altura ajustável, etc.

O primeiro passo é certificar que todos os cabos e conduítes estejam justos e os locais com possível contato no chassi estejam protegidos. Para deixar os cabos mais fixos, você pode usar presilhas de plástico, porém lembre-se de deixar espaço para movimentos de pilotagem. Teste sempre a rotação do guidão antes de apertar as presilhas.

O roteamento de cabo interno pode neutralizar os ruídos em muitos quadros. Se for esse o sistema da sua bike, certifique-se de que o cabo está bem preso em ambas as extremidades. Os cabos podem também trepidar ao longo do chassi, como no chainstays, por isso, coloque uma fina espuma e/ou borracha (corte um pedaço da câmera de ar) sobre o quadro para facilmente silenciar isso.

2) Adicione um revestimento

Nas bicicletas os cabos não devem ser esticados muito apertados. E é essa flexibilidade que pode levar à trepidação do cabo que atinge um quadro. Para resolver isso, existem fitas especiais que podem ser colocadas em pontos específicos. Outra opção é usar um velcro (do lado macio) para dar efeito similar.

Nas bicicletas de downhill, as regiões próximas da corrente são um lugar tradicionalmente barulhento – na descida a corrente luta para manter sua trajetória. Mais uma vez a saída para deixar a bike silenciosa pode ser o revestimento de borracha.

bike silenciosa cabo
3) Revise os componentes

Uma vez que você tenha revestido os cabos e correntes, e o barulho persista, pode ser o caso de verificar os raios das rodas. Ao longo do tempo, eles podem se soltar e sacudir em seus ilhós. As pastilhas dos freios a disco também podem sacudir dentro de suas calipers, um pouco de graxa na parte de trás da pastilha pode ajudar a amortecer isso.

Considere também a revisão da mesa. Investir em uma chave de torque é uma boa ideia, pois permite que você assegure que tudo esteja preso na tensão correta.

bike silenciosa pedivela
4) Dê atenção ao pedivela

Como principal meio de propulsão, a rotação do pedivela exige uma manutenção no conjunto de rolamentos (movimento central), pois é comum que soltem e façam barulho. Uma boa opção pode ser desmontar tudo, limpar e engraxar as roscas, verificar os parafusos e montar novamente.

A montagem e lubrificação também são recomendadas para barulhos irritantes do conjunto selim e canote. Lembre-se, porém, que muitas vezes pode ser o caso de trocar o selim. Principalmente se os trilhos estiverem soltos ou quebrados.

Também poderá se interessar..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com