Volta ao mundo de bike: 5 dicas para planejá-la

volta ao mundo de bike

Dar uma volta ao mundo de bike é um sonho para a maioria dos ciclistas. Afinal, se fazer uma viagem ao redor do globo por si só já é emocionante, imagina sobre duas rodas.

Se você faz parte da turma que compartilha desse sonho, provavelmente já deve ter se perguntado sobre como fazer essa aventura virar realidade.

Pensando nisso, o pessoal da Red Bull fez uma lista com dicas básicas que podem tornar o seu planejamento mais efetivo. Confira quais são elas e comece a tirar essa aventura do papel!

Como planejar uma volta ao mundo de bike

1) Considere os recursos necessários

Não adianta se enganar: tudo custa dinheiro. Mesmo que você escolha um país ou região onde o turismo é relativamente barato, ainda assim precisará de dinheiro para custear essa aventura. Além da velha e boa economia, você pode tentar financiar a sua viagem com o patrocínio de uma empresa. Aliás também vale tentar alguma parceria com empresas de vestuário ou bike shop.

Depois de garantir os recursos necessários, trate de fazer um orçamento diário e de cumpri-lo a risca quanto estiver na estrada.

2) Não complique

Você já tem uma rota em mente? Então busque a simplicidade. Procure o jeito mais fácil de ir de um lugar ao outro e se possível utilize rotas já feitas por ciclistas. Utilize o download de mapas no celular ou invista em um GPS.

Outra dica importante é certificar-se de que o local onde você está indo é seguro para viajar. Além de pesquisar sobre questões políticas ou culturais da área a ser percorrida. 

3) Seja prático

A liberdade de percorrer todos os caminhos é um dos encantos do cicloturismo. Entretanto, nem sempre isso é possível. Em determinados lugares será preciso pedir permissão para entrar. Afinal em muitos países será preciso obter autorização de visto antes mesmo de entrar no território.

Outra questão prática diz respeito às formas de manter contato com as pessoas que fazem parte da sua vida. Considere usar um telefone via satélite ao invés de um smartphone de última geração ou ainda um tablet pequeno.

Outro ponto a considerar é a realizar de um seguro de viagem. Pense que se você ficar doente ou se for roubado, o seguro pode ser uma mão na roda. Aliás, dinheiro em espécie, principalmente dólares americanos, resolve grande parte das coisas. Uma volta ao mundo de bike exige praticidade.

4) Escolha a bike certa

Já imaginou passar meses em cima de uma bicicleta desconfortável? Por isso, ao escolher a bike que irá acompanhá-lo, considere o tipo de rota que será percorrido. Assim fica mais fácil determinar se o ideal é uma bike estradeira, híbrida ou mountain bike.

As bikes específicas para cicloturismo geralmente já são adaptadas para instalação de bagageiros e alforjes. Uma bike com quadro de aço é resistente para longas distâncias e uma transmissão com várias marchas é quase que uma obrigação. Sem falar que a bicicleta precisa oferecer suporte para a sua bagagem.

Uma MTB é uma boa escolha para uma viagem por estradas de terra.

5) Vá leve

A vida sobre duas rodas exige menos do que você imagina que precisa carregar. O peso desnecessário pode ser um fardo difícil de carregar, literalmente. Assim, viaje apenas com o essencial.

As roupas devem ser adequadas para as condições climáticas do local para o qual você está indo. Tenha em mente que o clima pode estar em constante mudança. Por isso, um kit para dias de chuva, vento ou frio pode quebrar um super galho. Sem falar que uma barraca e/ou um saco de dormir vão salvar você de apuros, pode ter certeza.


* Com informações de Como planejar uma volta ao mundo de bike.

** Confira também aqui no blog o post 5 roteiros para percorrer a América Latina de Bike.

Também poderá se interessar..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com